top of page

O lado bom do aluguel

O sonho de muita gente é ter mais de um imóvel, morando em um e recebendo aluguéis dos outros, dividindo a renda com a imobiliária, tendo que fazer consertos que vão sair do seu bolso, com inadimplência e vacâncias que são difíceis de preencher, tendo que anunciar por meses até achar um novo inquilino… Calma, isso não fazia parte do seu sonho, não é? Vai dizer que você queria só a parte da renda? Então está com sorte hoje! Tem um jeito de receber aluguéis sem nenhum desses outros problemas, e você não precisa nem mesmo ter um imóvel próprio.


No artigo em que falamos sobre os tipos de ações, citamos um tipo de fundo que investia seu patrimônio em imóveis, os fundos de investimento imobiliário (FIIs).


Esses fundos são organizações que compram diversos tipos de imóveis, principalmente shoppings, lajes corporativas e galpões logísticos, e tem seu lucro oriundo dos aluguéis que são pagos para empresas que utilizam esses imóveis para suas próprias operações. Como toda empresa que é listada na bolsa de valores e divide seu patrimônio publicamente através de ações, os fundos imobiliários repartem esse lucro entre os acionistas, de forma que estes recebam parte do pagamento desses aluguéis mensalmente.


E por que ser cotista de fundos imobiliários pode ser melhor do que alugar um imóvel próprio?


Bom, as vantagens são muitas, mas vamos listar algumas aqui:


Rentabilidade: em média, o valor de um aluguel no Brasil é de 0,3% do valor do imóvel, e ainda gera custos adicionais com imobiliária e manutenção, sendo o lucro líquido algo em torno de 0,2% a 0,25% do valor total do imóvel. Na bolsa, há bons fundos que entregam em dividendos entre 0,3% e 0,6% do valor investido, todo mês, sem custos adicionais.


Liquidez: vender um imóvel ou achar um inquilino pode demorar meses ou às vezes anos. Vender cotas de fundos imobiliários demora menos de um minuto através de uma corretora de investimentos, e você não precisa procurar inquilinos. Além disso, você pode ter uma carteira diversificada de fundos imobiliários com menos de 1000 reais e realizar aportes mensais para aumentar seu lucro progressivamente, o que é impossível quando se trata de imóveis.


Risco: ter um imóvel vago ou um inquilino que não paga reduz sua receita a zero, podendo trazer grandes problemas. No entanto, os bons fundos imobiliários têm muitos inquilinos, de diferentes empresas, setores e em diferentes regiões do país, fazendo com que, se um deles não pagar, o prejuízo não seja tão significativo.


Os fundos imobiliários também tem um índice próprio na bolsa de valores, o IFIX, para acompanhar o crescimento do setor no país. Ele funciona da mesma forma que o IBOVESPA, mas somente para fundos imobiliários.


E aí? Pensou melhor nesse sonho de aposentadoria? Muita gente já tem escolhido os fundos imobiliários para viver de renda, para gerar uma renda extra todo mês ou para ajudar no crescimento do seu patrimônio através dos juros compostos.


Mas, para se ter uma boa carteira de fundos imobiliários, bem consistente, segura e rentável, é preciso estudar muito cada uma das opções e aprender a analisar cada um de maneira profunda. Como eu quero te ajudar de qualquer jeito, já vou colocar aqui onde você vai aprender tudo isso e mais um pouco: no Curso Funds Explorer Learning. O Funds Explorer é o maior portal de fundos imobiliários do Brasil, os caras sabem tudo do assunto, e estão liberando um curso completo, por um preço que nem eu sei como eles conseguiram cobrar tão barato. Mas você vai ter que ser rápido: as vagas para você aprender com os melhores por esse preço são LIMITADAS. Corre e garante a sua!


Por hoje é só, meus queridos! Me sigam no Instagram, no Facebook e no Twitter que eu posto mais conteúdos. Abraços e até o próximo post o/




21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page