top of page

Como um investimento rende?

Em alguns posts anteriores, mostramos como alguns tipos de investimentos funcionam na prática e como eles podem ser divididos. Mas, você sabe como os investimentos “dão dinheiro”? Lê esse artigo até o final que eu vou te ensinar a fazer uma projeção do quanto você vai ganhar com seus investimentos


Primeiramente, o mecanismo matemático que faz com que as pessoas enriqueçam com investimentos são os juros compostos. Se você não é fã de matemática e costuma correr quando lê essa palavra, fica até o final que eu prometo que vou deixar tudo mastigado para você.


Imagine que João tem 20 maçãs. Um dia, seu amigo Pedro, que tinha uma loja de maçãs, disse que daria a João mais 50% da quantidade que ele já tinha de maçãs. Como João tinha 20, Pedro lhe deu mais 10. No dia seguinte, Pedro disse de novo que daria a ele mais 50% do número de maçãs que ele já tinha, mas como João ainda não tinha comido nenhuma, agora ele já tinha 30 maçãs, e por isso Pedro lhe deu 15 nesse dia.


A história que eu acabei de contar representa os juros compostos, e é exatamente assim que os investimentos funcionam. Bem simples, não é?


QUando falamos de investimentos, entram em jogo valores e taxas quebradas, espaços longos de tempo e para fazer uma projeção desse recebimento, vamos precisar de uma fórmula bem simples e, claro, de uma calculadora. A fórmula é a seguinte:





Onde M é o seu montante, ou seja, o valor que você vai ter no final do período investido


C é o capital, ou seja, o valor investido.


i é a sua taxa. Ela pode ser anual, mensal ou diária.


n é o número de períodos, sendo dias, meses ou anos, em que esse valor vai ficar investido.


Se a taxa i for uma taxa anual, n tem que ser contado em anos, da mesma forma se for mensal ou diária.


Geralmente, os títulos de investimento em renda fixa expressam sua taxa de rendimento em taxas anuais. Se quiser usar a taxa mensal, é só dividir a taxa anual por 12 e usar a quantidade n em meses.


Ué, mas e os investimentos de renda variável?


Esses, de fato, não tem um rendimento tabelado, mas podemos tirar uma média da valorização de uma carteira para projetar o seu rendimento no longo prazo.


Como exemplo, se 30 reais forem investidos a uma taxa de 8% ao ano, que é uma taxa considerada na média, em 20 anos ele se transforma em R$ 139,82, multiplicando seu valor por quase 5 vezes. Muito bom, não é?


Por isso, muitas pessoas tem investido com estratégias de longo prazo, e muitos já enriqueceram dessa forma. E para saber tudo sobre investimentos de longo prazo e todas as táticas e estratégias desse caminho, o livro Investindo em ações no longo prazo, de Jeremy Siegel é praticamente de lei. Super acessível, ele traz conhecimento não só teórico, mas análise prática das piores crises financeiras já enfrentadas e como os melhores investidores de longo prazo se protegeram dela, uma leitura indispensável.



Até o próximo artigo, pessoal o/


22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page