top of page

Afinal, o que é o tão falado valor do dinheiro no tempo?


Quando vemos os juros que ganhamos em um investimento, o preço de um título público ou de uma ação, muitas vezes não temos a menor ideia de como foram calculados. O objetivo dessa série de textos é te dar uma noção inicial de como isso é mensurado. Esse é o primeiro de dois artigos sob o tema: análise de investimentos do 0.

Como próprio nome sugere, o objetivo é apenas apresentar uma introdução ao assunto. Se com dois artigos de algumas linhas fôssemos sair como gênios do investimento não tinha tanta gente estudando finanças por aí né 😂😂😂😂

O objetivo desse primeiro artigo é definir um conceito muito importante: os fluxos financeiros descontados. O fluxo financeiro se refere a qualquer entrada ou saída de caixa (dinheiro) que um investimento gera. Suponha que o Luís compre um apartamento e alugue pro Lucas. O Luís teve um fluxo financeiro de saída de dinheiro para comprar o apartamento e terá vários fluxos financeiros de recebimento de dinheiro quando o Lucas pagar os alugueis. Isso são fluxos financeiros.

Resta explicar a parte do descontado. Aí entra um dos conceitos que você já deve ter ouvido falar por aí, fingiu que entendeu e seguiu a conversa, mas não compreendeu direito. Por trás dos juros cobrados em um investimento está o valor do dinheiro no tempo. Para imobilizar o seu dinheiro em um investimento durante um tempo, um indivíduo ou instituição espera receber algo em troca, porque aplicar aquele dinheiro ali gera um custo de oportunidade.

Custo de oportunidade é o valor daquilo que se deixa de fazer para realizar um investimento. Cada escolha uma renúncia, como diria Charlie Brown Jr, e o que o investidor espera é que a escolha que ele fez seja mais vantajosa que a que ele descartou. Embora isso se aplique a diversos tipos de investimento, incluindo os realizados por bancos e grandes empresas, um exemplo mais próximo pode ajudar a entender.

Quanto você precisaria ganhar daqui a um ano para poupar 1.000 reais hoje? Se você me diz que precisaria ganhar os seus 1.000 reais que depositou mais 100 reais, isso significa que sua taxa de desconto é de 10% ao ano (1.000 reais mais 10% de 1.000 reais dá 1.100). Ou seja, para um investimento valer a pena para você, você precisa ganhar ao menos 10% de retorno.

Essa taxa é o que usaremos para calcular o valor do dinheiro no tempo para você. Perceba que para investidores diferentes e para períodos econômicos diferentes, essa taxa será diferente. Para uma empresa, a taxa de desconto de um projeto pode ser o retorno de um outro projeto que já está sendo realizando e com sucesso. Para um investidor individual, pode ser, por exemplo, a taxa de juros básica da economia (SELIC), que poderia ser recebida em um investimento com risco muito baixo, um título público chamado LFT.

Mas no nosso exemplo, como vimos, será 10% ao ano. Suponha então que um banco ofereça uma proposta de investimento em que você deposita R$ 1.000 hoje e recebe R$ 1.300 daqui a um ano. Para sabermos se o investimento vale a pena, nesse caso, basta descontarmos o fluxo que ocorrerá daqui a um ano, dividindo por 1 + 10% (taxa de desconto). R$1.300/(1+10%) dá R$ 1.182. Isso significa que o investimento vale a pena, porque o valor que receberá no futuro (R$ 1.300) tem valor para você hoje de R$ 1.182, que é mais do que o valor que investiu (R$ 1.000).

O que ocorrerá muitas vezes é que não estaremos avaliando um só investimento, mas vários. Além disso, os fluxos financeiros podem ocorrer em mais de um período. Suponha que você receba uma proposta de outro banco para investir R$ 1.000 reais. Você ganhará R$ 200 no ano que vem. Em 2 anos, receberá os R$ 1.000 investidos e mais outros R$ 200 reais. Qual o investimento vale mais a pena?

Para responder essa pergunta, precisamos calcular o Valor Presente Líquido (VPL). Esse cálculo representa quanto um investimento vale para um investidor. O que fazemos basicamente é descontar todos os fluxos financeiros de um investimento por sua taxa de desconto.

Lembra como calculamos o fluxo descontado na proposta do Banco 1? Dividimos o valor que receberíamos no ano 1 pela 1 + a taxa de desconto, o que resultou em R$ 1.182. Só que nem só de recebimentos é feito um investimento. Por isso, para calcular o VPL, temos que diminuir o valor que tínhamos investido. R$ 1.182 – R$ 1.000 = R$ 182, e esse é o nosso VPL. Dá uma olhadinha na tabela abaixo, na qual fazemos esse cálculo.

No caso do exemplo 2, primeiro temos que descontar a entrada que ocorreu no ano 1. Para isso, dividimos R$ 200 por 1,1 (1 + a taxa de desconto) e chegamos a R$ 182. Em seguida, descontaremos os valores referentes ao ano 2. Como vamos ter que passar os valores do ano 2 para o ano 0, isso significa que teremos que descontar o fluxo 2 vezes. Ou seja, teremos que dividir por 1,1 e dividir esse resultado por 1,1 novamente. Outra forma de enxergar isso é que dividiremos o fluxo financeiro por (1 + taxa de desconto) elevado ao número de períodos que estamos voltando (no caso, 2 anos). Assim, R$ 1.200/(1,21) = R$ 992. Por fim, somamos o valor que as entradas do investimento têm hoje (R$ 182 + R$ 992) e diminuímos pelo valor que as saídas possuem hoje (R$ 1.000). O resultado é R$ 174, o que significa que a proposta do banco 1 é mais vantajosa.

Ufa, muita conta e exemplo junto né? Mas deixa eu te dizer uma coisa? Se você conseguiu chegar até aqui, isso significa que aprendeu muitos conceitos importantes para análise de investimentos.

Aprendeu que o custo de oportunidade faz com que o valor do dinheiro no tempo seja diferente. Para chegar a esse valor, calculamos fluxos financeiros descontados, a partir da taxa de desconto do investidor. Quando somados, esses fluxos resultam no VPL, ou seja, quanto vale um investimento hoje.

No próximo artigo, iremos dar mais alguns passos para saber mais sobre análise de investimentos. Por enquanto, deixo um desafio para você. Calcular o VPL do investimento abaixo. Um banco faz a seguinte proposta. Você deposita 500 reais esse ano e no ano que vem. Daqui a 2 anos receberá 600 reais, e daqui a 3, 800 reais. A taxa de desconto é 10% ao ano.



48 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page